músicas quase pop sobre qualquer coisa que não seja amor

coisa mais chata falar sobre amor e amor de novo amor quem você se apaixonou foi traído sei lá o quê.
Tem outras coisas na vida! O cotidiano, por exemplo, é cheio de lados raramente inexplorados pela música pop contemporânea anglófona. Listo aqui alguns exemplos ora alternativos à temática amorense ora alternativos ao anglofonismo.

  • Quando a mulher passa por dores - Waa Wei Ruxuan (魏如萱Waa - 女人經痛時)

    uma baladinha sobre TPM e menstruação. As letras incluem frases tipo "parece que eu quero cagar mas não quero" e o refrão em inglês (menstruating não é uma palavra super formal?) é super ~catchy. blah blood blah moment. O clipe ainda tem uma personagem que parece ser a personificação da menstruação (uma garotinha de peruca vermelha). Ela mata todo mundo no trem e na rua. 
  • Joana Dark - Ava Rocha

    Essa canção é tão boa em tantos sentidos~ Anti-cristianismo, feminismo e maconha. Pecado como libertação sexual e uma resposta muito linda de felicidade pra quem fuma, sente prazer e não acredita em Cristo. Também o melhor aproveitamento das coincidências fônicas e sintáticas entre "sou eu quem mando" e "sou eu queimando"! A interlocução do eu feiticeira com um suposto fumador-não-tão-consciente-da-maconha também é ótima: cê tá curtindo? cê tá gostando? então abre o olho porque aqui sou eu /kẽN'mãNdU/}{}{}{} Santa Maria, né, gurias~
  • The bus is late - Satellite High

    Sobre esperar um ônibus atrasado na rua. E o quão nada legal isso é. Cadê esse ônibussssss.

Pretendo ir atualizando essa lista quando der. Última atualização: 11 de novembro de 2018, Pequim.

Compartilhe-me:

Sobre o Autor

Gosta de línguas, reflexões introspectivas, UTAU/Vocaloid, discussões sobre gênero e sexualidade, do céu e de fazer da vida alheia um bordado de renda (de chita filó).