coincidênciascoisas

ontem minha amiga bia chamou um uber lá de casa. na cozinha, esperando algum motorista da redondeza se conectar com o chamado dela: vamos adivinhar o nome do motorista. homem, mulher, homem. nomes de velho: aurélio, joão, seu luís. outros nomes: luciano, andré. eu escolhi luciano. bia falou: aurélio, joão, luís, andré. bia escolheu andré. que foi, de fato, o nome que apareceu na tela do celular.
*

ganhei uma bolsa de estudos pra estudar na china estudiosa.

*

escolho números com base numa leitura que fiz sobre numerologia na quinta ou sexta série. talvez acredite em deus. escolho números de qualquer coisa com base nessa numerologia - desde apartamentos dos meus personagens do the sims até figurinhas favoritas no álbum da copa. e sete é o número da sorte. minha figurinha favorita é a 77 e a minha família de sims mais jogada mora na Rodovia Lugar Nenhum, 7. sete é meu número da sorte, eu já fui cristão. se pode ler a numerologia de um número somando todos os dígitos dele, 1 por 1. assim, sete se obtém com: 16, 25, 322, 421, 21212. sete (ou um mais seis) (ou dois mais cinco) (ou três mais dois mais dois) dá sorte porque é de deus. tá na bíblia. hoje entrei na biblitoeca da pucrs, ganhador da bolsa de estudos supracitada, e pensei: sorte nem existe, que nem deus, que nem existe: escolhi o armário de número 13. soma quatro. 4 sé símbolo de mau agouro para os chineses. porque a pronúncia desse número (sì) lembra a pronúncia do caractere 死 (sǐ) - morrer. o armário de número um mais três não funcionou. o mais próximo que funcionava era o 16. escolho números com base numa leitura que fiz sobre numerologia na quinta ou sexta série. 

*

namorei com o gabriel-número-1. sempre pego cuecas emprestadas. dos meus namorados. o nosso término foi péssimo. fiquei indo e voltando da casa dele. às vezes bem, às vezes mal. enquanto outras pessoas também frequentavam. ele. pegou um menino chamado lauro. sempre deixo cuecas minhas nas casas dos meus namorados. esqueci uma cueca roxa na casa do gabriel-número-1. acontece que essa cueca era de outro gabriel, o gabriel-número-2. esse gabriel eu frequentei enquanto terminava com o número-1. pego cuecas emprestadas de pessoas que frequento. e o lauro também. soube disso porque quando frequentei o lauro eu vi a cueca roxa lá. 

Compartilhe-me:

Sobre o Autor

Gosta de línguas, reflexões introspectivas, UTAU/Vocaloid, discussões sobre gênero e sexualidade, do céu e de fazer da vida alheia um bordado de renda (de chita filó).